Os responsáveis nas empresas pelo fornecimento de informações ao CAGED – Cadastro Geral de Empregados e Desempregados – devem ficar atentos às regras estabelecidas pela Portaria 945, do Ministério do Trabalho, que estão em vigor desde o dia 13 de setembro de 2017.

A Portaria do Ministério do Trabalho determina a obrigatoriedade de inserir no CAGED, os dados que comprovam a realização de exame toxicológico de larga janela de detecção, nos casos de admissão e desligamento de motoristas das categorias C, D e E, contratados em regime CLT.

A medida é válida para os motoristas profissionais de veículos de pequeno e médio porte, de ônibus urbanos, metropolitanos e rodoviários, e de cargas em geral.

A Portaria 945 também estabelece que os exames toxicológicos devem ser realizados por laboratórios que possuem as acreditações exigidas pelo Ministério do Trabalho e credenciados no DENATRAN, como a Toxicologia Pardini, líder em exames toxicológicos no Brasil pela confiabilidade do diagnóstico com índice zero de falso positivo ou falso negativo.

Para empresas que empregam motoristas, é muito importante a garantia da total eficácia e segurança no laudo do teste de drogas, que detecta se o motorista, em fase de admissão, fez ou não o uso de substâncias psicoativas (drogas) no período de 90 ou 180 dias antes do exame (dependendo do material analisado: cabelo ou pelo), para evitar riscos de acidentes e consequentes prejuízos para a sua empresa.

A exigência do exame no desligamento do motorista contratado em regime CLT serve para fins estatísticos, com o objetivo de dar subsídios ao governo para o desenvolvimento de políticas públicas que reduzam o consumo de drogas, responsável pelas altas estatísticas de acidentes nas vias e rodovias do país.

A Toxicologia Pardini utiliza metodologias analíticas criteriosas que visam 100% de assertividade nos resultados. Para isso, contamos com processo de descontaminação externa da amostra que reforça a segurança de resultados inequívocos.

Trata-se de uma etapa prévia do processo de análise. A descontaminação da amostra elimina a possibilidade de que o resultado seja influenciado por substâncias ilícitas depositadas na superfície do cabelo. Para ser precisa, a análise deve apenas avaliar as substâncias presentes no interior do fio de cabelo pela ingestão de drogas.

Entendemos que a segurança no resultado do teste é também segurança para a sua empresa, lembrando que a Portaria 945 garante a contraprova ao motorista profissional, caso o laudo seja positivo.

A Toxicologia Pardini é uma empresa séria que preza pela excelência e competência nos serviços prestados aos motoristas e empresas que dependem do exame toxicológico.

Como encontrar o laboratório de exame toxicológico da Toxicologia Pardini da sua conveniência

Agora que você já sabe porque é mais vantajoso realizar os exames toxicológicos dos seus colaboradores na Toxicologia Pardini, que garante total confiabilidade no diagnóstico, você conhecerá outro diferencial em relação à concorrência para facilitar e agilizar o cumprimento das novas regras da Portaria 945 MTE: a ampla rede de unidades de coleta da Toxicologia Pardini, distribuída por todo o Brasil.

São mais de 4.500 laboratórios de coleta em todo o território nacional para que você possa escolher o posto mais próximo da sua empresa ou do endereço do trabalhador. A opção é sua, e a Toxicologia Pardini está pronta para atendê-lo em todas as suas necessidades.

No site exametoxicologico.com.br é muito fácil encontrar o laboratório de coleta da sua conveniência. Indique a localização preferível e encontre todos os postos de coleta disponíveis.

E mais: as empresas que fazem o exame toxicológico com a Toxicologia Pardini, contam com plataforma de acompanhamento exclusiva. Tudo para auxiliar você a cuidar da sua empresa e dos seus motoristas. Não se preocupe com nada.

O prazo de entrega do exame é de, em média 4 dias úteis, (dependendo da região onde amostra foi coletada), após a chegada da amostra para análise. Tudo muito simples e prático para você atender às novas exigências do Ministério do Trabalho e manter sua empresa em situação legal. Tudo dentro das normas.

COMO FUNCIONAPREÇO