Se você está concorrendo a uma vaga em serviços públicos ou se está prestes a se candidatar a um concurso público, precisa de informações sobre a realização do exame toxicológico, análise que detecta se o candidato consumiu ou não substâncias psicoativas (drogas).

Além da Polícia Militar, Federal e Civil, outras áreas de serviços públicos também aderem ao exame toxicológico como uma das etapas de aprovação, portanto, ele tem caráter eliminatório. Essa análise sempre é feita depois que o candidato já passou pelas fases teóricas e práticas, quando há necessidade.

Informações sobre exame toxicológico para concursos

exame toxicológico para concursos é feito em larga janela de detecção. Nesse procedimento, uma amostra de cabelo ou pelos é coletada para identificar o consumo de substâncias nos últimos 90 ou 180 dias (janelas mais comumente solicitadas em editais), contados a partir da data de coleta.

Para o diagnóstico são detectadas drogas como cocaína, maconha, ecstasy, crack, anfetaminas, metanfetaminas, opiáceos e todos os seus derivados. Drogas como anabolizantes, álcool, antidepressivos não são pesquisadas. Além de identificar as drogas o exame toxicológico pode apresentar o nível de consumo em cinco etapas, desde levíssimo até gravíssimo.

Com a Toxicologia Pardini, empresa líder no segmento toxicológico, você pode fazer seu exame toxicológico para concursos com facilidade. Afinal, são mais de 4.500 endereços em todo o Brasil para você escolher.

O prazo de entrega da Toxicologia Pardini é de, em média, 4 úteis, após a chegada da amostra para análise, o que pode variar, dependendo da região do país onde a amostra foi coletada. Caso haja necessidade de algum aprofundamento analítico, pode haver alguma alteração no prazo.