Por que o termo ‘aproximadamente’ no laudo?

Por que o termo ‘aproximadamente’ no laudo?

O termo aproximadamente’ no laudo é utilizado para expressar a janela de detecção no resultado do exame toxicológico e não significa que fora analisado um período menor do que o solicitado, sendo aceito pelas bancas examinadoras dos concursos a nível nacional.

O termo foi adotado em meados de 2010 devido a uma revisão científica em nossos laudos, que pretendia entre outros aprimoramentos, deixar o laudo mais claro no que se refere à janela de detecção.

O que determina o período de detecção do exame toxicológico de larga janela é o tipo de amostra.

Embasados na literatura científica, o termo ‘aproximadamente’ no laudo, é utilizado por não ser possível definir o período exato (em dias) o consumo ou abstinência substâncias psicoativas, mas sim determinar de forma  quantitativa e qualitativa  o período aproximado, por meio do teste toxicológico de larga janela de detecção.

A precisão do período do consumo de substâncias psicoativas não está relacionado ao tipo de técnica e metodologia utilizada para análise, mas sim às características biológicas distintas para cada indivíduo, como genética, sexo e idade, bem como diversos fatores externos.

Por exemplo, o  cabelo cresce em média 1,3 centímetros por mês, com  uma pequena variação de pessoa para pessoa (uma média de 10%), já outros pelos do corpo crescem em velocidade bem menor, com um ciclo de crescimento diferente do cabelo.  

 
O ciclo de crescimento dos pelos podem  variar entre crescimento e repouso e acontecem de forma natural e concomitante. Esse ciclo leva em média 180 dias.
 
Portanto, o termo aproximadamente’ no laudo não desabona o exame toxicológico que é uma forma altamente confiável de determinar o consumo de substâncias psicoativas, aceito pelos concursos públicos em todo o Brasil.
 
Vale lembrar que a Psychemedics atende a todos os editais e está no segmento de análises toxicológicas para concursos há quase duas décadas, com irretocável histórico de credibilidade.
 

Os comentários estão desativados.

Voltar para perguntas freqüentes